Quais os maiores fotógrafos do Brasil?

 

Apontar quais os maiores fotógrafos do Brasil é quase como dizer qual a melhor fruta! Cada um tem a sua preferência, embora alguns nomes sempre se sobressaiam.

 

E qual a importância de saber quais os maiores fotógrafos do Brasil? Para qualquer aficionado da fotografia, esta é uma pergunta com uma resposta óbvia.

 

Conhece-se um bom fotógrafo através de seu trabalho, de sua criatividade e sensibilidade! E esse conhecimento nos torna melhores expectadores das imagens da vida.

 

Perceber e capturar olhares diferentes de um mesmo lugar ou pessoa, ângulos e luminosidades inesperadas e fugazes, são coisas que podemos aprender com os melhores.

 

Os maiores fotógrafos do Brasil! Os sempre lembrados!

 

Como elaborar uma lista, mesmo pequena, com os maiores fotógrafos do Brasil, sem que sejam cometidas injustiças ou esquecimentos indesculpáveis?

 

Para concebermos esta pequena lista com cinco nomes, recorremos a uma pesquisa na internet, em diversas revistas especializadas na arte da fotografia.

 

Nestas pesquisas, alguns nomes apareciam em quase todas as listas, como sendo um dos melhores fotógrafos do Brasil, e foi, assim, que conseguimos separar estes monstros da fotografia:

 

1.) Sebastião Salgado – nascido em Minas Gerais, é considerado o maior fotógrafo do Brasil. Recebeu inúmeros prêmios, como o de Melhor Repórter Fotográfico do Ano, oferecido pelo International Center of Photography de New York, e o Grand Prix da Cidade de Paris. A foto acima é do Projeto Gênesis, realizado entre 2004 e 2012.

 

 

2.)Araquém de Alcântara – Catarinense, de Florianópolis, é reconhecido como um dos maiores fotógrafos naturalistas do mundo. Especializado na natureza brasileira e em seus moradores nativos, é autor de mais de 60 livros e possui diversos prêmios nacionais e internacionais (Foto: Brincadeira).

 

 

3.) Chico Albuquerque – Nascido no Ceará, é tido como o precursor do uso da tecnologia na fotografia brasileira, pois foi o primeiro a utilizar o primeiro equipamento de flash eletrônico. Faleceu em 2000. (Foto: Mucuripe).

 

4.) Gervásio Baptista – Baiano, começou sua história como retratista, ainda adolescente. Ficando muito conhecido por seu trabalho com fotojornalismo. Registrou o enterro do Presidente Getúlio Vargas e, atualmente, presta serviços a alguns órgãos públicos, em Brasília.

 

5.) Walter Firmo – Carioca, é especialista no uso das cores ao retratar a cultura nacional. Ganhou, por sete vezes, o Concurso Internacional de Fotografia Nikon.

 

O que diz a Revista Time?

Novamente, os olhares diferenciados! Giuseppe Oliverio, CEO do Photographic Museum of Humanity, elaborou uma lista com os 9 fotógrafos do Brasil, que devem ser seguidos.

 

E, claro, usou de parâmetros unicamente seus. Fugindo do lugar-comum, Oliverio nos mostra o quanto somos profícuos em criar grandes mestres da fotografia.

 

Para ele, “a fotografia brasileira contemporânea mais emocionante toma posse dos confrontos de cultura, etnia e filosofias que compõem o país”. Não podemos discordar.

 

Assim, aproveitando as escolhas de Oliverio, separamos os cinco primeiros nomes de sua lista, publicada pela Revista Time. São eles:

 

1.) João Castilho, de Belo Horizonte, é um fotógrafo mais documental, retratando, literalmente, temas familiares, da vida e da natureza, utilizando tons fortes e uma perspectiva muito particular na hora de capturar suas imagens.

 

2.) Miguel Rio Branco, embora não nascido no Brasil, mas em Las Palmas, Espanha, em 1946, é um brasileiro convicto e plenamente resolvido com sua brasilidade. Apaixonado pelo carnaval, pela Bahia e pelo povo brasileiro, pode, apesar de sua origem, ser considerado como um dos maiores fotógrafos do Brasil.

 

3.) Rogério Reis, nascido no Rio de janeiro, retrata imagens de espaços públicos nas praias de sua terra natal, com um viés inquiridor e bem-humorado, mas com sensibilidade e técnicas apuradíssimas.

 

4.) Pedro David, mineiro, trabalha com fotografia conceitual, mostrando a dicotomia conflitante entre a natureza e o espaço urbano. Um de seus trabalhos mais interessantes está na série Sufocation, uma metáfora da relação da brasilidade e do colonialismo instalado neste espaço.

 

5.) Daniela Dacorso, outra mineira das boas, se especializou em retratar as tribos urbanas, suas culturas e suas relações com o corpo, nas comunidades cariocas e nas praias brasileiras.

 

E temos muito mais gente

Seja em nossa lista ou na lista da Time, podemos ver o quanto o brasileiro é afortunado com talento para a fotografia.

 

Ao escolhermos os maiores fotógrafos do Brasil, dezenas de nomes ficaram, e estão, de fora destas e de várias listas.

 

É o caso do cearense Chico Gomes, que busca sua inspiração na cultura religiosa e social de seu Estado, retratando tradições centenárias e outras, nem tanto.

 

 

Existem, ainda os incontáveis ilustres desconhecidos, alguns amadores, mas que enchem nossos olhos, espíritos e almas com suas sensibilidades e paixões pela fotografia.

 

Falar dos maiores fotógrafos do Brasil é como falar dos maiores jogadores deste país. Alguns são unanimidades, outros, apenas reflexos de olhares e sentimentos diferentes, o que nos torna ainda mais afortunados, como povo.

 

Gostaram deste artigo! Comentem! Opinem! E aguardem novidades!

Como tirar uma boa foto: 6 dicas infalíveis

SONY DSC

 

Como tirar uma boa foto e fazer com que todos lancem olhares admirados para a qualidade de seu trabalho?

 

Se você não é um fotógrafo profissional, com anos de experiência e conhecimento técnico, não se desespere! Você pode se surpreender, além de aprender como tirar uma boa foto!

 

Lógico, que fazer fotos como os profissionais requer uma série de pré-requisitos, inclusive, em relação aos equipamentos, mas, com poucas dicas é possível fazer milagres.

 

É disto que este artigo trata: de como você pode, a partir de poucas dicas, capturar imagens fantásticas, de boa qualidade técnica e muita inspiração. Vamos lá!

 

6 dicas infalíveis para tirar fotos incríveis!

 

Preparar! Apontar! Fo… Espere! Você não está fazendo a coisa certa! Uma boa fotografia, embora existam maravilhosas exceções, não é fruto do acaso!

 

E, não espere que, neste artigo, fiquemos nas dicas clichês que você sempre vê por aí, pois pretendemos ver com outros olhares, as velhas dicas de sempre.

 

6 dicas infalíveis de como tirar uma boa foto:

 

1.) Busque inspiração! Veja as fotos dos grandes mestres nacionais e internacionais! Descubra como eles conseguiram capturar a essência das imagens e explorar ângulos inusitados e como conseguiram mostrar o que ninguém mais conseguia ver. Falaremos um pouco mais sobre este tema, mais à frente. Não deixe de ler!

 

2.) Conheça o seu equipamento! “Mas é só um celular! Como tirar uma boa foto usando um celular?” Não importa o seu equipamento! Faça uma série de testes com ele: veja como ele se comporta em várias distâncias! Perceba quando as fotos ficam granuladas demais em ambientes com iluminação natural e à noite, com iluminação artificial ou com o uso do flash do equipamento! Evite fotos contra o sol.

 

Observe se o seu equipamento pode lhe ajudar na escolha do melhor enquadramento – são aqueles quadradinhos que aparecem na tela – e aproveite!

 

Lembre-se: o objeto de sua foto é o mais importante, mas o contexto imagético pode ser um diferencial fantástico! Evite fotos centralizadas! Veja a imagem abaixo!

 

Dica especial: leia o manual do fabricante de seu equipamento! Se não entender ou conhecer os termos técnicos, não se preocupe, pesquise! Hoje em dia, a internet traz todo o conhecimento até você!

 

3.) O lado esquerdo! Em fotos de pessoas, aproveite o lado esquerdo, pois é o lado onde as emoções ficam mais à flor da pele! Onde é possível captar melhor a emoção e beleza do momento vivido. E isso não é nenhuma bobagem, mas fruto de um sério estudo conduzido pela Universidade Wake Forest (EUA).

 

4.) O uso do flash e da iluminação artificial! Saber usar o flash de seu equipamento pode ser um grande diferencial de qualidade! Saber, inclusive, quando não usar, mesmo “precisando”, é uma daquelas coisas que vão além dos enunciados técnicos sobre como tirar uma boa foto!

 

É importante saber algumas coisas sobre o flash! Alguns equipamentos possuem flash fixo (algumas câmeras e celulares), que não permitem rebater no teto ou paredes. Por isso, meça bem a distância para que o seu alvo não fique com a luz estourada. Como resolver isso? Faça experiências! Muitas! O quanto puder!

 

5.) Estude o ambiente! O que existe no local? É ao ar livre ou em ambiente fechado? Perceba os objetos, pessoas e a natureza presentes no local! Sinta o vento, o frio, o calor, a umidade, os cheiros (Sim, os cheiros!), os sentimentos e emoções. Depois de tomar ciência de todos estes ‘atores’ presentes no ambiente que deseja fotografar, comece!

 

O que lhe inspira?

 

Veja esta foto do fotógrafo cearense, Chico Gomes! Ela faz parte da coleção “Olhares de Francisco”, uma alusão aos festejos de São Francisco, padroeiro de Canindé, no Ceará.

 

Aproveitamos e agradecemos ao Chico, por nos permitir mostrar suas obras!

 

O que moveu o artista, nesta foto e em grande parte de seu trabalho, foi a riquíssima tradição religiosa de seu Estado.

 

Pergunto: O que lhe move? O que lhe comove? O que lhe inspira! Estas coisas têm influência para lhe ensinar como tirar uma boa foto?

 

Outras perguntas também são pertinentes: Para onde o seu olhar sempre se volta? Você gosta mais do abstrato ou do concreto?

 

Capturar olhares, gestos, momentos únicos e, muitas vezes, “impossíveis” é que vão fazer toda a diferença entre como tirar uma boa foto e uma foto simplória – diferente de simplista!

 

Se capacite! Sempre!

Se puder, faça um curso de fotografia, mesmo aqueles bem básicos! O importante é escolher bem os locais. O Senac possui cursos de fotografia, muito bons! Vale a dica!

 

No mais, e como você pôde perceber, saber como tirar uma boa foto não é nenhum pesadelo! Então, de posse de nossas dicas, mãos na máquina ou no smartphone e nos surpreenda! Mande suas fotos! Iremos compartilhar algumas! Quem sabe não é uma das suas?

 

Gostaram deste artigo! Comentem! Opinem! E aguardem novidades!